Falar de Beck é muito fácil para mim, não só porque eu terminei de ler o mangá há pouco tempo, o que ajuda bastante, mas porque é muito, muito, muito bom. Se tem uma coisa que me indica que uma história é boa é se ela é capaz de me fazer chorar. E eu acho que não tem uma pessoa que conheça Beck que não tenha chorado pelo menos uma vez.

Bem, vamos à história. Resumidamente falando, o mangá conta a trajetória de um grupo de garotos que decide formar uma banda, que faça música com o coração, para tocar o coração das pessoas. A partir disso, você já percebe que não vai ser nada fácil. Para conseguirem alcançar seu objetivo, que, obviamente, é ser uma banda conhecida e viverem fazendo o que gostam, eles enfrentam muitas dificuldades, já que o mundo da música é muito competitivo.

Tá, mas o que tem de tão bom em um mangá sobre música? Bom, para começar, a história é incrível. Tem os seus mistos de humor, tragédia e romance e, o mais importante, aventura. O protagonista é Tanaka Yukio, conhecido como Koyuki, um garoto que não é bom em quase nada e que não tem nenhum objetivo claro de vida. Até que um dia ele encontra um cachorro um tanto estranho, sendo maltratado por algumas crianças. Ao salvar o cachorro, que se chama Beck, o dono aparece e é aí que a vida de Koyuki muda para sempre. O dono do cachorro é Ryuusuke Minami, um jovem japonês que viveu por muitos anos nos Estados Unidos, onde aprendeu a tocar guitarra e ficou amigo de várias pessoas da música.

Ryuusuke fazia parte de uma banda, no entanto, depois de brigar com o líder, Eiji, decide que não quer mais continuar e os dois, como rivais, prometem que vão montar suas próprias bandas e superar um ao outro. É aí que o guitarrista começa sua saga em busca dos componentes ideais para montar seu ideal de banda, seguindo os propósitos de seus ídolos, a banda Dying Breed. Grato por ter seu cachorro salvo, Ryuusuke se torna amigo de Koyuki, que passa a acompanhar o começo da banda e começa a se sentir motivado a aprender a tocar guitarra também e entrar naquele mundo, encontrando assim um objetivo na vida. Por ser bem perdido, Koyuki se mete em várias encrencas, o que o leva a começar a trabalhar para seu professor de natação, Saitou-san, que também é um amante da música e decide ensiná-lo.

Entre muitos tropeços, erros, desencontros e acertos, enfim, se forma a banda dos sonhos: Ryuusuke, o guitarrista principal; Chiba, o vocalista rapper doidão; Taira, o baixista fora de série; Sakurai, um excepcional baterista e Koyuki, guitarra base, que, surpreendentemente, também se torna vocal em algumas músicas, quando descobrem sua voz incrível. E essa é a Beck ou Mongolian Chop Squad, quando eles lançam seu CD. Muitas coisas fazem desse mangá uma história maravilhosa: os segredos do universo da música, os festivais, as lutas das bandas para se apresentarem e se destacarem, as armações, os vilões, os problemas adolescentes e, claro, as canções, que são extremamente viciantes. Tá, eu li o mangá, como eu conheço as músicas? Bom, como teve um anime, mesmo que não tenha acompanhado toda a história, eu corria e procurava a música referida toda vez que era citada no quadrinho. E sim, é mágico, é incrível e é muito bom! Você não sabe o que tá perdendo em não conhecer ainda. E se você é do time que viu só o anime, tem muita coisa nessa estrada depois da apresentação no Greatful Sound 5 ;)

 

<-- Para sentir um gostinho, curte o cover de I've got a felling, The Beatles <3

 

 

 

Corram para os links!

Anime Download:

Sakura Animes

 

Anime Online

Animeq

 

Mangá Online:

MangásPROJECT

 

Beck

© 2023 by Lil Collection Co. Proudly created with Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now